Peregrinação

Jerusalém – Cidade Sagrada para três Religiões

Jerusalém é considerada sagrada por três religiões monoteístas: judaísmo, cristianismo e islamismo. Ela é reivindicada pelos israelenses e pelos palestinos. Israel possui a economia mais desenvolvida do Oriente Médio, pois além de receber ajuda dos judeus que vivem no exterior, dos EUA, também apresenta um nível educacional elevado. O país não deixa de atrair turistas do mundo todo, mesmo com o constante clima de conflito. Muitos vêm guiados pela sua fé e outros querem simplesmente apreciar a grande beleza natural que o país tem a oferecer: As lindas praias na costa mediterrânea, os contrastantes picos nevados, um grande deserto e as saudáveis águas do Mar Morto. Liberdade de escolha da religião e protecção aos lugares sagrados são mencionados na declaração de independência de Israel.

Já há mais de 3000 anos Jerusalém representa o centro da crença judaica. Mesmo os judeus que foram expatriados e se espalharam pelo mundo todo, nunca esqueceram de Jerusalém. Ela é anunciada por profetas, citada nas rezas diárias e representada em diversas músicas pelo mundo todo. Lugares que nunca mais serão apagados da memória dos judeus: O sagrado Monte do Templo, o Muro das Lamentações, que é o único vestígio do antigo templo de Herodes, o Monte Sião onde fica o túmulo de David e o Monte das Oliveiras, onde os judeus são enterrados há centenas de anos.

Para os cristãos Jerusalém representa o lugar onde Jesus viveu, morreu e ressuscitou. Há centenas de anos as cidades mencionadas na bíblia como lugar pelo qual Jesus passou e deixou as suas marcas, atraem peregrinos e religiosos. Eles vêm em busca do Santo Sepulcro, do Jardim de Getsémani, do local da última Ceia e da Via Dolorosa com as estações da cruz.

De acordo com os ensinamentos do Islão, o profeta Maomé foi trazido por um milagre de Meca a Jerusalém, de onde então subiu aos céus. O Domo da Rocha e a Mesquita de Al-Aqsa que foram construídas no século sete, são identificadas no Corão e fazem assim de Jerusalém um lugar sagrado, depois de Meca e Medina.

Deixar uma Resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>